GESTÃO DE ESTOQUE: avaliação da aplicação de novos métodos de controle de estoque em uma indústria metalúrgica de Ubá-MG

Camila Cristina Corrêa Tavares, José Sérgio Costa Júnior, Leonardo Parma de Lima, David Oliveira Resende

Resumo


Este trabalho teve como objetivo identificar e aplicar ferramentas que auxiliam no controle do estoque e posteriormente avaliar se houve mudança e quais foram os impactos proporcionados a empresa após o estudo, sendo a classificação da pesquisa quanto aos fins, como pesquisa descritiva. Em relação aos meios, como pesquisa-ação e estudo de caso. A pesquisa foi realizadaatravés de 3 etapas distintas, denominada como diagnostico antes da intervenção; sugestão de melhoria e implantação de novos métodos e por fim os resultados alcançados, concluindo-se que a aplicação de novos métodos de gestão de estoque dos produtos diretos trouxe benefícios para a empresa, que obteve resultados positivos.

Texto Completo:

PDF

Referências


ASSEN, M. V.; BERG, G. V. D.; PIETERSMA, P.Modelos de gestão: os 60 modelos que todo gestor deve conhecer. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.

BARROS, A. J. S. Fundamento de metodologia científica. 3. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

BARROS, E.; BONAFINI F. Ferramentas da qualidade. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2014.

CARPINETTI. L. C. R. Gestão da qualidade: conceitos e técnicas. São Paulo: Atlas, 2010.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R. D. Metodologia científica.6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações.4.ed. Barueri, SP: Manole,2014.

CHIAVENATO, I. Planejamento e controle da produção. 2.ed. Barueri, SP: Manole, 2008.

COSTA JÚNIOR, E. L. Gestão em processos produtivos. 1.ed Curitiba: InterSaberes, 2012.

DAVIS, K.; NEWSTROM, J. W. Comportamento humano no trabalho: uma abordagem organizacional. São Paulo: Editora Pioneira, 1996.

DESSLER, G. Administração de recursos humanos.2. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

EDITORA INTERSABERES (Org.). Gestão em logística. Curitiba: Intersaberes, 2014.

FUSCO, J. P. A.; SACOMANO, J. Benedito. Operações e gestão estratégica da produção. São Paulo: Arte e Ciência, 2007.

GAITHER, N.; FRAZIER, G. Administração da produção e operações. 8. ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.

GUIMARÃES, G. T. D.; KERN F. A. Serviço social. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

KNAPIK, Janete. Gestão de pessoas e talentos. Curitiba: Intersaberes, 2012.

KRAJEWSKI, Lee J.; MALHOTRA, Manoj K.; RITSMAN, Larry P. Planejamento de produção e operações. 8. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

LÉLIS, Eliacy Cavalncanti. Gestão da produção. São Paulo: Pearson Education do Brasil. 2014.

MARTINS, P. G.; CAMPOS, P. Administração de materiais e recursos patrimoniais. 3.ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

MELLO, Carlos Henrique Pereira. Gestão da qualidade. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2011.

MERLO, Francisco. Gestão da produção e logística. São Paulo: Anhembi Morumbi, 2013.

OLIVEIRA, P. G. M.; S. NETO C. R. Trilogia de desempenho empresarial. Rio de Janeiro: Editora E-papers, 2011.

P. FILHO, M. Gestão da produção industrial. Curitiba: InterSaberes, 2012.

ROBBINS, S. P. Comportamento organizacional. 9.ed. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

ROMERO, Sonia Mara Thater. Gestão de pessoas: conceitos e estratégias. Curitiba: Intersaberes, 2013.

SELEME, Robson; SELEME, Roberto Bohlen. Automação da produção: uma abordagem gerencial. Curitiba: InterSaberes, 2013.

SELEME, R.; STANDLER, H. Controle da qualidade: as ferramentas essenciais. Curitiba: InterSaberes, 2012.

SLACK, Nigel; CHAMBERS, Stuart; JOHNSTON, Robert. Administração da produção. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.