AVALIAÇÃO DO NÍVEL TÉCNICO E DA CONCIENTIZAÇÃO QUANTO AOS ASPECTOS DE SEGURANÇA: o caso dos pintores de móveis de Ubá

Leandro Giovani dos Reis, José Sérgio Costa Júnior, Leonardo Parma de Lima, Helder Gomes Moreira

Resumo


Este trabalho teve como objetivo geral avaliar se os funcionários de quinze empresas do polo moveleiro de Ubá - MG trabalham de maneira correta com os produtos químicos, seguindo os procedimentos de uso dos equipamentos de proteção individual e possuindo conhecimento para manusear e manipular os produtos químicos para utilização no setor de pintura. Este estudo apresenta pesquisa descritiva, bibliográfica e de campo. Foram aplicados questionários para coleta de dados, com os quais foi possível concluir que os funcionários das empresas estão preparados para manipular os produtos químicos no setor de pintura das empresas. Contudo, foi verificado que as companhias precisam aprimorar a comunicação referente ao tema, além de promover melhores infraestruturas para os seus colaboradores.

Texto Completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Maria Margarida de. Introdução à metodologia do trabalho científico: elaboração de trabalhos na graduação. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

ARAUJO, Luis César G. de; GARCIA, Adriana Amadeu. Gestão de pessoas: estratégias e integração organizacional. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

BARROS, Aidil Jesus da Silveira; LEHELD, Neide Aparecida de Souza. Fundamentos de metodologia científica. 3. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

BERGAMINI, Cecília Whitaker. Desenvolvimento de recursos humanos: uma estratégia de desenvolvimento organizacional. São Paulo: Atlas, 1980.

BOOG, Gustavo G.; BOOG, Magdalena T. Manual de treinamento e desenvolvimento: processos e operações. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

CARVALHO, Antonio Vieira de; NASCIMENTO, Luiz Paulo do. Administração de recursos humanos. 2. ed. São Paulo: Pioneira, 1997.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração de recursos humanos. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1981.

________. Recursos humanos: o capital humano das organizações. 8. ed. 3ª. reimpr. São Paulo: Atlas, 2006.

________. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro. Elsevier, 2010.

________. Iniciação à administração de recursos humanos. 4. ed. rev. e atual. Barueri, SP: Manole, 2010.

DESSLER, Gary. Administração de recursos humanos. 2. ed. Tradução: Cecília Leão Oderich. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2003.

FERNANDES, Almesinda Martins de Oliveira; SILVA, Michelle Cristina da; OLIVEIRA, Sharleny Domitildes de. Gestão de saúde, biossegurança e nutrição do trabalhador. Goiânia: AB, 2006.

FUNCEX. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2015.

FISCHER, Georg; KIRCHNER, Arndt; KAUFMANN, Hans; SCHMID, Dietmar. Gestão da qualidade: segurança do trabalho e gestão ambiental. 2. ed. São Paulo: Blucher, 2009.

FRANÇA, Ana Cristina Limongi. Práticas de recursos humanos – PRH: conceitos, ferramentas e procedimentos. São Paulo: Atlas, 2007.

GIL, Antonio Carlos. Administração de recursos humanos: um enfoque profissional. São Paulo: Atlas, 1994.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

INTERSIND. Disponível em: . Acesso em 22 mar. 2015.

MOVELEIRA história. 2015. Disponível em: >. Acesso em: 22 mar. 2015.

PIZA, Fábio de Toledo. Informações básicas sobre saúde e segurança no trabalho. São Paulo: CIPA, 1997.

RICHARDSON, Roberto Jarry et al. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SILVA FILHO, Armando Lopes da. Segurança química: risco químico no meio ambiente de trabalho. São Paulo: LTr, 1999.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.